Preenchimento com PMMA: saiba o que é e os principais riscos | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Preenchimento com PMMA: saiba o que é e os principais riscos
Foto: Divulgação AesCare

Preenchimento com PMMA: saiba o que é e os principais riscos

Saiba como funciona o preenchimento com PMMA e tire suas principais dúvidas sobre o assunto.

10 de setembro de 2019 Última atualização: 12:05
Por AesCare

Os preenchimentos faciais podem ser excelentes para melhorar o contorno do rosto e minimizar o envelhecimento precoce.

Mas cuidado: é importante entender bem como funciona cada procedimento e ver quais são suas indicações. Pensando nisso, hoje vamos falar sobre o preenchimento com PMMA, entendendo como funciona e quais os riscos relacionados. 

Pronta para saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura até o final!

O que é PMMA?
PMMA é uma sigla que corresponde ao composto polimetilmetacrilato, um material utilizado para preenchimento de volume.

O procedimento de preenchimento com PMMA também pode ser chamado de bioplastia e geralmente é realizado em pequenas áreas, seguindo indicações de segurança. 

Qual é o problema desse tipo de procedimento?
O uso de PMMA para preenchimentos gera uma série de dúvidas e muitos profissionais não gostam sequer de utilizá-lo. 

Isso acontece porque esse produto, que é um tipo de plástico, nem sempre tem boa qualidade no mercado e deve ser utilizado apenas em pequenas áreas.

Por se tratar de um implante definitivo, só pode ser recomendado por cirurgiões plásticos ou dermatologistas, seguindo as quantidades reais que cada paciente necessita, sem exageros.

Os principais problemas envolvidos com esse tipo de procedimento envolvem:
•    Enrijecimento da região de preenchimento;
•    Possibilidade de surgir infecções ou alergias;
•    Surgimento de dores;
•    Chances de rejeições pelo organismo;
•    Possibilidade de necrose tecidual;
•    Formação de nódulos e outros tipos de complicações. 

Com todos esses riscos, alguns tipos de PMMA são proibidos para tratamentos estéticos no Brasil, seguindo as regulamentações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Quais são as indicações do preenchimento com PMMA?
Com o efeito de preenchimento, o PMMA serve para:
•    Acabar com o bigode chinês;
•    Corrigir imperfeições do nariz;
•    Definir o contorno da face;
•    Melhorar a aparência de olheiras;
•    Alterar a região do queixo, mandíbula e maçãs do rosto;
•    Correção de perdas efetivas de gordura na face – principalmente para pacientes aidéticos.

Como funciona o procedimento?
O composto é aplicado através de microcânulas, se tratando de uma cirurgia plástica que deve ser realizada em ambiente hospitalar, por professional da área. 

Todo o método consiste no implante definitivo de PMMA, que é injetado na forma de pequenas esferas (microesferas) -  devendo ser realizado em mínimas quantidades para garantir a segurança do paciente em questão. 

Quais são os riscos dessa técnica?
As esferas de PMMA podem causar sérias complicações no organismo, que ocorrem principalmente como resposta a um processo imunológico natural e de defesa do corpo. 
Geralmente, o organismo responde com alergias e reações inflamatórias. Além da possibilidade aumentada para dores, formação de nódulos, rejeição do organismo e enrijecimento de toda a região.
Para evitar problemas, o cirurgião sempre deve utilizar o mínimo de volume possível e prezar por materiais de qualidade – que tendem a ter o custo bem mais elevado que os demais, tornando o procedimento inviável para grandes preenchimentos. 
Como risco final, podemos citar a possibilidade do produto se espalhar para outras regiões do corpo, causando problemas ainda mais sérios. 

O Antes e o Depois
Se aplicado no rosto, o PMMA pode acabar com o bigode chinês, melhorar o contorno da face e aumentar a região das maçãs do rosto. No nariz, o implante pode modelar a área e aspecto da estrutura.  
Com tais medidas, os sinais do envelhecimento acabam ficando menos evidentes e a pele fica mais firme. 
Embora algumas pessoas optem pela aplicação nas panturrilhas e bumbum, para aumentar o volume, cabe análise médica detalhada sobre as quantidades seguras a serem aplicadas. 

Qual a diferença entre PMMA e hidrogel?
Depois da complicação que aconteceu com Andressa Urach, que foi parar na UTI após realizar duas técnicas de bioplastia, incluindo hidrogel e PMMA, a dúvida se tornou ainda maior a cerca dos procedimentos. 
Como você viu, o PMMA se trata de um implante definitivo, enquanto que o hidrogel passar por uma fase de absorção.
Embora ambos tenham a mesma aplicação, o material e duração de cada procedimento são bem diferentes. 
O grande problema que aconteceu com a famosa é que eles foram aplicados para o preenchimento do bumbum, se tratando de uma quantidade muito maior do que a recomendada pela Anvisa. 
Por esse motivo, o bom senso do cirurgião se faz ainda mais importantes nesses casos. Além disso, tenha em mente que para o aumento de volume de grandes regiões, como coxas e bumbum, é melhor pensar em alternativas, como próteses de silicone. 

Outras opções de procedimentos
•    Para rejuvenescer

Se você quer deixar o rosto mais preenchido e jovem, que tal se beneficiar com o uso de ácido hialurônico? Considerado biocompatível, esse material não é definitivo, sendo absorvido pelo corpo com o passar dos meses.
Graças ao fato de ser um componente natural do organismo, as chances de rejeições são mínimas e os riscos pequenos – quando realizados por um profissional qualificado, tornando o procedimento ainda mais seguro e recomendado pelos cirurgiões. 

•    Para dar mais volume às regiões

Em casos que a paciente quer dar uma turbinada na região, aumentando o volume – como nas coxas e bumbum, a opção ideal é fazer o uso de próteses de silicone.
O material é protegido pela prótese e impede o deslocamento para outras partes do corpo, fazendo com que seja bem seguro. Além disso, ele pode ser usado em grandes regiões (como glúteos) sem as pequenas complicações das esferas de PMMA. 
Converse bem com o seu cirurgião, ele com certeza irá apresentar as melhores opções para o caso, prezando sempre pela sua saúde e bem-estar. 

•    Outros aspectos importantes

Depois de conferir o que é PMMA e como funciona o procedimento, é bom pensar bem antes de se submeter a essa técnica, visto que o implante é definitivo.

    Embora ela possa trazer riscos para a saúde, seus resultados de preenchimento promovem maior contorno facial e até mesmo a possibilidade de corrigir algumas imperfeições. 

    Consulte sempre um profissional de cirurgia plástica habilitado para resolver os seus anseios, colocando a saúde em primeiro lugar!

35849
Outras
Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral