Ney Lyra pede correção de área do Pesm em Bertioga à Fundação Florestal | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Ney Lyra apresenta indicação ao governo do estado
Ney Lyra apresenta indicação ao governo do estado Foto: Estela Craveiro

Ney Lyra pede correção de área do Pesm em Bertioga à Fundação Florestal

O vereador pede a exclusão oficial de terrenos do Sítio São João do perímetro do Parque Estadual da Serra do Mar (Pesm)

08 de setembro de 2018 Última atualização: 14:35
Por Estela Craveiro

Na sessão do Legislativo bertioguense da terça-feira, 4, o vereador Ney Lyra (PSDB), presidente da Câmara Municipal de Bertioga, apresentou indicação ao governo do estado de São Paulo para solicitar que seja corrigido um equívoco da Fundação Florestal, a respeito de áreas do sítio São João que foram erroneamente oficializadas como parte do Parque Estadual da Serra do Mar (Pesm), na fase em que ele foi expandido, em 2010.

Trata-se de erro mesmo, ele detalhou, pois o documento indica localidades e rios que, na realidade, são de Santos, e jamais foi feito qualquer tipo de levantamento na área. Ou seja: ela não está no perímetro do parque, mas, na documentação dessa unidade de conservação, constam como se fossem.

Consequência: os proprietários das casas lá existentes não podem fazer consertos e reformas em suas casas; caminhões que entram no local, para entregar materiais de construção, são multados; e  os moradores são impedidos de receber serviços de água, esgoto, telefonia e eletricidade. Para ter luz, são obrigados a fazer gato, “que já está um tigre”, na definição do vereador.

Outras
Últimas Notícias