Supercopa da Espanha inicia novo formato da competição nesta quarta | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Disputada na Arábia Saudita, competição terá quatro times buscando o título
Disputada na Arábia Saudita, competição terá quatro times buscando o título Foto: Betsul

Supercopa da Espanha inicia novo formato da competição nesta quarta

Disputada na Arábia Saudita, competição terá quatro times buscando o título

08 de janeiro de 2020 Última atualização: 12:33
Por WeContent

A Supercopa da Espanha vai começar uma edição histórica da competição, nesta quarta-feira (8), quando pela primeira vez quatro times brigarão para ver quem ficará com o troféu da competição. Disputado em Jidá, na Arábia Saudita, o torneio vai até o dia 12 de janeiro e contará com as participações de Atlético de Madrid, Barcelona, Real Madrid e Valencia, em formato de semifinal e final, em jogos únicos.


A novidade, no entanto, não é a disputa fora do território espanhol, algo que já aconteceu na temporada passada. Na ocasião, em Tânger, no Marrocos, o Barcelona (campeão do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei) enfrentou o Sevilla (vice-campeão da Copa do Rei), na final disputada em jogo único. Naquela decisão de agosto de 2018, Sarabia colocou os Rojiblancos na frente logo no início da partida, mas Piqué e Dembelé viraram para os catalães e garantiram o 13º título da Supercopa da Espanha para o Barça.


A grande mudança

O formato é a grande novidade da Supercopa da Espanha de 2019. Há cerca de um ano, a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) confirmou que o torneio seria disputado na Arábia Saudita pelas próximas três temporadas (2019/20, 2020/21 e 2021/22). No país, essa é a única competição que conseguiu um aval da FIFA e da entidade local para realizar qualquer partida fora do território espanhol.


No mesmo dia, a RFEF também anunciou que a Supercopa da Espanha passaria a ser disputada por quatro equipes, realizando uma mudança significativa na forma como ela é jogada e no peso do torneio. No formato de Final Four, as equipes credenciadas a brigar pelo título são os campeões e vices da La Liga e da Copa do Rei. Em caso de algum time ocupar dois postos, entra na disputa o melhor colocado do Campeonato Espanhol que não se credenciou ao torneio.


Aliás, é exatamente isso o que está acontecendo na primeira edição de Final Four. O Barcelona venceu o Campeonato Espanhol e viu o Atlético de Madrid ficar com o vice-campeonato. O Barça também foi finalista da Copa do Rei, mas perdeu a decisão para o Valencia. Como já estava credenciado à disputa da Supercopa da Espanha pela La Liga, entrou na quarta e última vaga o Real Madrid, terceiro lugar no nacional.


Os confrontos

A Real Federação Espanhola de Futebol optou por definir os confrontos da Supercopa da Espanha através de sorteio. Com isso, ficou decidido que a primeira semifinal, marcada para às 16h (de Brasília), desta quarta-feira, será entre Valencia e Real Madrid. Portanto, a segunda semi, que será disputada na quinta-feira, no mesmo horário, terá Barcelona e Atlético de Madrid frente a frente. A final acontece no domingo (12).


As controvérsias

A decisão de levar a Supercopa da Espanha para fora do território nacional gerou muita discussão no país. Primeiro, porque não é a primeira vez que um jogo envolvendo timesespanhóis tenta ser realizado fora do território, mas que não obtém sucesso. Buscando expandir a marca, a La Liga sonha em realizar jogos em Miami, nos Estados Unidos, e a RFEF se apoia em uma decisão da FIFA para proibir esse tipo de evento -- assim como a entidade máxima do futebol fez com duelos da Premier League há anos.


Depois, questionou-se muito a escolha do país que sediará as próximas edições da Supercopa da Espanha. Afinal, a Arábia Saudita é governada por um ditador e as mulheres sequer podem frequentar os estádios para acompanhar futebol. A RFEF negociou essa questão e para o torneio espanhol mulheres e homens poderão compartilhar dos mesmos espaços no estádio durante as partidas.


Ainda assim, a FIFA recomenda que não se incentive eventos em países onde não há “respeito aos direitos humanos”, mas a federação ignorou a recomendação e fechou um acordo de 120 milhões de euros por três anos. Por falar em dinheiro, ele foi motivo da última polêmica em torno da Supercopa da Espanha.


O protagonista é o Valencia, que reclama da diferença de premiação que será paga ao clube em relação ao quanto receberão Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid. Enquanto o trio ganhará 8 milhões de euros pela participação no torneio, o Valencia vai embolsar “somente” 3 milhões de euros.



Conheça o Betsul

O Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, acompanha a Supercopa da Espanha ao vivo em sua plataforma de aposta. Para faturar com os três grandes jogos que marcam a primeira edição do torneio no formato Final Four, basta realizar o seu cadastro, aproveitar o bônus de até R$ 120,00 do primeiro depósito e dar os seus palpites nas partidas da competição. Não perca essa chance e mostre que entende tudo de futebol!


Fonte: Betsul

Comentários
41774
Outras
Últimas Notícias