Seu relógio biológico está desregulado? Descubra e entenda como reverter o problema | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Seu relógio biológico está desregulado? Descubra e entenda como reverter o problema
Foto: Reprodução/Internet

Seu relógio biológico está desregulado? Descubra e entenda como reverter o problema

Conhecer e seguir o próprio relógio biológico garante uma rotina saudável e traz diversos benefícios para a saúde

26 de maio de 2020 Última atualização: 15:43
Por Henrique Gear SEO

A pandemia do coronavírus desregulou a rotina de milhares de pessoas no mundo todo. Algumas delas perderam o emprego, estão trabalhando remotamente ou, até mesmo, empreendendo com os recursos disponíveis dentro de casa. Contudo, uma coisa é certa: tal mudança trouxe a desestabilização do relógio biológico e é possível sentir esta alteração no próprio corpo. 


Antes, a maior parte da população possuía hábitos saudáveis, mesmo que minimamente, já que precisavam se deslocar até o trabalho, faculdade ou a passeios. Com o isolamento, essas condições mudaram e muita gente tem sentido na pele. 


Porém, será que é possível regular o relógio biológico e treinar o corpo para mantê-lo nas condições saudáveis de antes? Como funciona o relógio biológico de cada um? Saber a resposta para estas perguntas e entender como melhorar o organismo a fim de ter uma vida regrada é importante, principalmente, para a saúde de cada um. 

O que é o relógio biológico e porque ele precisa estar regulado

O relógio biológico é um sistema natural humano, projetado para regular sentimentos de sonolência e vigília no período de 24 horas. Esse cronograma complexo é controlado por uma área do cérebro que responde à luz, por isso os seres humanos estão mais alerta enquanto o Sol está brilhando e prontos para dormir quando está escuro lá fora.


O relógio biológico, também conhecido como sistema circadiano, faz com que o nível de vigília suba e desça ao longo do dia. A maioria das pessoas sente o desejo mais forte de dormir entre 13h00 e 15h00. Depois, novamente, entre 2h00 e 04h00. Entretanto, o sono pode variar de pessoa para pessoa. 


É por isso que algumas funcionam bem no período da manhã e outras são melhor à noite. Além disso, o ritmo circadiano também pode mudar com a idade. Um adolescente, por exemplo, tem o corpo programado para dormir por mais horas.


Se você seguir as indicações naturais do seu corpo, em relação a quando dormir e acordar, seu relógio biológico deve permanecer equilibrado. Ainda assim, uma mudança na rotina, como a que ocorreu por conta do coronavírus, pode atrapalhá-lo. 

O sono regular é necessário  

Regularizar o sono na hora de dormir é uma parte importante, pois acordar no mesmo horário diariamente ajuda a manter seu ritmo do corpo sob controle. Pode ser tentador fechar os olhos nos fins de semana, mas esta atitude pode atrapalhar o relógio do corpo durante a semana.


Por esse motivo, o primeiro passo para um relógio biológico regulado é seguir alguns hábitos antes de dormir. Assim, é possível que o corpo se adapte e entenda a necessidade de uma rotina. Então, tenha um horário específico todos os dias para descansar e siga-o o máximo possível a fim de melhorar sua qualidade de vida. 


Também adote algumas dicas, como não usar o celular ou ligar a televisão quando estiver deitado e, de preferência, não mexa no aparelho uma hora antes de ir dormir, pois, a iluminação prejudica o sono. Além disso, prefira dormir em um quarto escuro e sem barulho. Uma boa escolha, nesses casos, é comprar uma cortina blackout. 

Durante o dia, exponha-se a lugares iluminados 

De manhã, a exposição ao Sol ou à iluminação interna não só oferece apenas um aumento de energia, como também pode redefinir seu ritmo circadiano. Por isso, tomar um pouco de Sol na varanda ou em qualquer outro lugar iluminado, fornece exposição solar suficiente para indicar ao cérebro que é hora de começar o dia.


Comentários
69734
Outras
Últimas Notícias