Alunos da rede municipal de Bertioga aprendem sobre erosão e poluição | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Foto: Divulgação/PMB

Alunos da rede municipal de Bertioga aprendem sobre erosão e poluição

Atividade da Secretaria de Meio Ambiente de Bertioga ensinou a quase mil alunos da rede municipal os efeitos da erosão e poluição de rios e corpos d'água

02 de outubro de 2018 Última atualização: 10:45
Por Da Redação
Foto: Divulgação/PMB

Foto: Divulgação/PMB

Quase mil alunos do 1º ano da rede municipal de ensino de Bertioga participaram do roteiro pedagógico “Mata Atlântica e o Ser Humano”, no Viveiro de Plantas ‘Seo’ Léo. O projeto integra, entre suas atividades, a “Caixinha de Erosão”. Nesse trabalho, os alunos simulam um cenário chuvoso e podem observar os efeitos negativos do uso inadequado do solo, com supressão de vegetação, erosão do solo e consequente poluição dos rios e corpos d’água.

Para explicar como ocorre o processo de erosão, a equipe da coordenadoria de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente da prefeitura faz uma simulação do efeito da água da chuva sobre duas caixas e garrafas de água de 20 litros cortadas, que reproduzem diferentes áreas. Nesta simulação, a primeira garrafa, com terra e gramado, representa uma cobertura florestal; já a segunda, somente com terra, representa uma área desmatada.

Depois de questionar as crianças sobre as possíveis causas e consequências do desmatamento, um regador simula a chuva sobre as duas áreas. A água que escorre de cada uma das caixas é armazenada em copos transparentes. Então, os alunos comparam a qualidade da água dos copos e verificam as suas hipóteses sobre o impacto que a erosão causa ao observar que na primeira área, com vegetação, a água que escoa é relativamente mais limpa que a da segunda área, sem vegetação.

Os alunos encerraram a atividade após falarem o que pensam sobre o tema e como os conceitos adquiridos na simulação estão relacionados com nossas vidas.

Últimas Notícias