Baleia jubarte é flagrada perdida no canal de Santos | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Autor:

Baleia jubarte é flagrada perdida no canal de Santos

O registro do vídeo foi feito na altura da Ilha Barnabé, estuário do Canal de Santos

17 de junho de 2019 Última atualização: 15:30
Por Mac

Um filhote de Baleia Jubarte foi filmado no momento em que nadava bem próximo a superfície das águas do canal de Santos. De acordo com o internauta que enviou o vídeo para a redação do Sistema Costa Norte, o registro foi feito na altura da Ilha Barnabé, estuário do Canal de Santos.

Inscreva-se no nosso canal:https://bit.ly/2M49mw3

De acordo com biólogos que participam de uma operação para fazer com que o animal nade de volta para o mar aberto a baleia provavelmente está perdida.

Neste domingo, 16 de junho, internautas registraram outras duas passagens de baleias. Por volta das 10h, há cerca de uma milha náutica da Prainha Branca, em Guarujá, Giovanni Lucatti, que estava em um barco de pesca com outros amigos, fez o primeiro registro de uma baleia semelhante a esta. As 14h, de acordo com reportagem do portal G1 Santos, um morador de Santos registrou a passagem do cetáceo nas águas do mar próximo ao canal 4.


Confira o vídeo da baleia flagrada na Prainha Branca, Guarujá, no link

Autor:
 

https://bit.ly/2KjOJdx


Observação de baleias

No canal do Litoral Norte, é cada vez mais comum avistar jubartes, por isso, a observação de baleias se tornou atração em passeios de barco na região.


De 2004 até agosto de 2017, foram 107 registros de cetáceos feitos pelo Projeto Baleia à Vista, de Ilhabela, e colaboradores. No ano passado, 83 baleias foram avistadas na região pelo mesmo Projeto. Este ano, as primeiras baleias chegaram no início deste mês e cerca de 30 já foram vistas, o que torna a observação de baleias uma grande e nova atração turística natural na região.


As jubartes habitam todos os oceanos. Elas migram uma vez ao ano. No verão, elas seguem para águas polares para se alimentar; no inverno, se dirigem a águas tropicais e subtropicais para acasalar e dar à luz. Elas devem permanecer por aqui até dezembro.


32774
Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral