Guarujá registra aumento de 44% na realização de cirurgias eletivas | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Guarujá registra aumento de 44%  na realização de cirurgias eletivas
Foto: Divulgação/Hygor Abreu

Guarujá registra aumento de 44% na realização de cirurgias eletivas

Balanço é feito com base no comparativo entre 2015 e 2018

13 de agosto de 2019 Última atualização: 15:49
Por Da Redação

Foto: Divulgação/Hygor Abreu

Foto: Divulgação/Hygor Abreu

Foto: Divulgação/Hygor Abreu

Em Guarujá, as cirurgias eletivas, que são aquelas agendadas e sem urgência, apresentam um crescimento de 44,1% na Rede Municipal de Saúde. O percentual foi feito com base no comparativo entre 2015 e 2018. Com isso, a Secretaria de Saúde realizou 1.660 cirurgias em 2015, contra um total de 2.392 eletivas em todo o ano passado.


 Participe dos nossos grupos ℹ http://bit.ly/CNAGORA4 🕵‍♂Informe-se, denuncie!


Os procedimentos acontecem no Hospital Santo Amaro (HSA), Ambulatório de Referência em Especialidades (ARE) e na Sala de Pequenas Cirurgias, dentro do PAM Rodoviária. A iniciativa é  possível devido à contratualização entre a prefeitura e o HSA, e também através dos recursos do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (Faec), do Ministério da Saúde.

 

Para se ter uma ideia, em 2016 o número de cirurgias eletivas realizadas era de 1.701. Já em 2017, esse dado saltou para 2.173. No primeiro semestre deste ano, a rede municipal fez 1.310 cirurgias eletivas, de modo que a projeção para todo 2019 é de no mínimo, 2.540 a serem feitas.

                                                                                                                                    

A maioria das cirurgias eletivas realizadas compreende, principalmente, a especialidade de ortopedia. De janeiro a junho deste ano, por exemplo, foram 329 procedimentos desta especialidade, ou seja, 35,53% do total executado. Na sequência estão as cirurgias de ginecologia, hérnia e vesícula.

 

O prefeito de Guarujá, Válter Suman, explica essa evolução na rede municipal. “Nossa demanda não para, mas temos conseguido melhorar esses números devido ao trabalho desempenhado desde 2017, que pode ser justificado pelo incremento na contratualização entre a prefeitura e o Hospital Santo Amaro, que é um equipamento de suma importância para a cidade, já que atende 100% SUS”.

34953
Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral