Manutenção de vias públicas sempre em pauta na Câmara de Bertioga | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Vereadores Ney Lyra, Biró e Carlos Ticianelli em sessão da Câmara de Bertioga em 4 de setembro
Vereadores Ney Lyra, Biró e Carlos Ticianelli em sessão da Câmara de Bertioga em 4 de setembro Foto: Estela Craveiro

Manutenção de vias públicas sempre em pauta na Câmara de Bertioga

Na sessão semanal, 4, também houve pedidos para instalação de placas com nomes de rua e substituição de pontos de ônibus degradados; vereador Biró celebrou iluminação em vias de ser instalada em Boraceia

06 de setembro de 2018 Última atualização: 15:39
Por Estela Craveiro

Se há um assunto dificilmente ausente de alguma sessão da Câmara Municipal de Bertioga é a manutenção das ruas, constante alvo de indicações de todos os vereadores, impelidos pelo clamor dos eleitores que os procuram. Dessa vez, na sessão de terça-feira, 4, foram tema de indicações de ações à prefeitura feitas pelos vereadores Matheus Rodrigues (DEM), Carlos Ticianelli (PSDB), líder do prefeito Caio Matheus na casa legislativa, Biró (PTB), Valéria Bento (MDB) e Silvio Magalhães (PSB).

Os problemas são sempre os mesmos: valas sujas, mato alto, consequente procriação de roedores e animais peçonhentos, lixo espalhado e buracos no piso sem pavimentação. Matheus Rodrigues pediu a instalação de placas com os nomes das ruas, no Maitinga, especialmente nas antigas Vilas Agaó e Agaó 2. E Ticianelli disse saber que já há autorização para ser feitas, mas confessou não estar conseguindo levar o responsável do setor para dar uma volta por lá. E sugeriu, para a próxima sessão, indicação conjunta com os demais vereadores, para que haja harmonia entre as alturas das guias nas esquinas de ruas nas quais não há rampas próprias para trânsito de cadeirantes, como na esquina da Luís Pereira de Campos com a Rafael Costábile, no Centro.

Ticianelli pediu mutirão de limpeza das ruas do Mangue Seco. Frisou, mais uma vez, a importância de a população colaborar, com o descarte de lixo no lugar certo e na hora certa. Ele solicitou, também, que a rampa de acesso da rua Oswaldo Cruz à rodovia Rio-Santos, caminho muito usado por ciclistas e pedestres entre o Centro e o Jardim Vicente de Carvalho, “tenha alguma solução”. Íngreme e sem pavimentação, esse trecho da rua fica bem difícil de ser transposto, como exemplificou Valéria Bento: “Quando chove, não passa nem barco”.

Ela, por sua vez, pediu manutenção das ruas do Mangue Seco, parte do Rio da Praia que fica do outro lado da rodovia Rio-Santos. E foi além: pediu providências para substituição, iluminação e manutenção dos pontos de ônibus, que,  já degradados e escuros, acabam se tornando local de uso de drogas à noite, aumentando ainda mais a insegurança dos moradores locais.

Silvio Magalhães apresentou indicação para pedir a manutenção das calçadas e da ciclovia existente no trecho da rua Manoel Gajo, que vai da rua Ayrton Senna da Silva à rodovia Rio-Santos. Motivo: estão esburacadas. Na semana passada, ele já havia se queixado do mau estado da ciclovia às margens da Rio-Santos, entre o Jardim Albatroz e o Jardim Vicente de Carvalho.

As indicações de Biró pedem limpeza das duas vias da avenida que margeia o Canal da Enseada, no Maitinga, que estão obstruídas com restos de aterro lá descarregados; manutenção, substituição e reposição de lâmpadas nas ruas das chácaras 29, 49, 66 e 67, em Boraceia. E pediu que a Elektro troque postes de iluminação que estão inclinados sobre as casas de moradores do Caiubura, no extremo sul da cidade.

Em compensação, Biró comemorou a iluminação de duas ruas de Boraceia e do ponto de ônibus perto do restaurante Peixe Frito, na rodovia Rio-Santos, o último do município antes da divisa com Boraceia 2, já em São Sebastião, e também do trecho da pista entre o ponto e o rio Parateus, que separa Bertioga da cidade vizinha.  A instalação, disse ele, já está licitada e em vias de ser efetivada.

Últimas Notícias