Câmara de Guarujá contribuiu para compra de novas ambulâncias para o município | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Uma das novas ambulâncias recebidas pelo município de Guarujá
Uma das novas ambulâncias recebidas pelo município de Guarujá Foto: Divulgação/CMG

Câmara de Guarujá contribuiu para compra de novas ambulâncias para o município

Legislativo economizou R$ 4 milhões em 2017 e deve economizar R$ 6 milhões em 2018

12 de novembro de 2018 Última atualização: 17:07
Por Estela Craveiro

Na sexta-feira, 9, a prefeitura de Guarujá recebeu três ambulâncias adquiridas com recursos compostos por verbas de emendas parlamentares de deputados federais e estaduais e pela economia de recursos de R$ 4 milhões feita em 2017 pela Câmara Municipal de Guarujá. Duas das novas ambulâncias irão reforçar o transporte sanitário e o serviço de remoção de pacientes e uma irá reforçar a frota do Samu.

Em 2018, a Câmara Municipal prevê a devolução de mais R$ 6 milhões aos cofres do município, resultantes de economia. O valor representa 30% da verba de custeio do Legislativo.  Para tanto, foram adotadas uma série de medidas de contenção de despesas. 

O vereador Edilson Dias (PT), presidente da Câmara Municipal de Guarujá, explica: "Renegociamos contratos; acabamos com as verbas de representação; limitamos o uso dos carros oficiais; cortamos gratificações; iniciamos um controle rigoroso de horas extras, assim como de uso de materiais e demais recursos colocados à disposição dos gabinetes, entre outras ações que tornaram nossa máquina administrativa mais eficiente".

A expectativa, diz ele, é que esses recursos sejam destinados à compra de equipamentos para melhorar as ações de zeladoria nos bairros.

Recursos anteriores

Os recursos economizados pelo Legislativo de Guarujá em 2017 também possibilitaram a compra de dois automóveis, entregues, em junho, aos conselhos tutelares de Guarujá e de Vicente de Carvalho.  

Esses recursos também contribuíram para o aumento de 10% no valor dos repasses feitos à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae),  à Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Guarujá (Apaag) e ao Centro Recuperação Paralisia Infantil Guarujá (CRPI), em janeiro de 2018. Parte do dinheiro foi destinada à compra de equipamentos de saúde que, segundo a prefeitura, estão em processo de aquisição.

Últimas Notícias