Moradores de Salesópolis são presos por roubo em Bertioga | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Motorista de Ferrari entrou na contramão, provocou acidente e fugiu sem prestar socorro
Motorista de Ferrari entrou na contramão, provocou acidente e fugiu sem prestar socorro Foto: JCN

Moradores de Salesópolis são presos por roubo em Bertioga

Cinco moradores de Salesópolis, sendo dois tatuadores, foram presos em flagrante por um roubo no Centro, em Bertioga

03 de outubro de 2018 Última atualização: 11:25
Por Da Redação

Um roubo cometido na tarde de terça-feira, 2, no Centro, em Bertioga, levou à prisão em flagrante de cinco moradores de Salesópolis, sendo dois deles tatuadores naquela cidade. 

O crime aconteceu por volta das 17 horas, quando dois adolescentes e uma jovem de 18 anos voltavam da praia pela rua Oswaldo Cruz. As vítimas informaram à polícia que andavam pelo local quando, ao observar três homens parados na calçada, seguiram em frente, no entanto, pouco depois os ladrões os alcançaram e anunciaram o assalto.

O acusado identificado posteriormente como Lucas Veras de Souza, tatuador de 22 anos, pegou das mãos da adolescente o celular que ela carregava, um Samsung J6 avaliado em R$ 1.100. Neste momento, o amigo dela, que empurrava uma bicicleta, percebeu que os bandidos não estavam armados, e reagiu. Apesar de não portarem armas, quando o adolescente tentou reaver o celular da amiga, foi agredido com socos e pontapés pelos outros dois indivíduos, identificados posteriormente como Renato Gomes Moreira, também tatuador de 22 anos, e André de Siqueira Baioco, de 20 anos. 

Após a agressão, os criminosos começaram a correr e foram seguidos pelo adolescente que havia sido espancado. A vítima conseguiu avistar o trio entrar em um Corsa preto e a placa. Quando se aproximou do veículo, o bandido com uma tatuagem no rosto teria simulado estar armado e, em seguida, atirou um pedaço de madeira no menor.

A partir das características informadas pelas vítimas, inclusive que havia mais duas pessoas no carro, a Polícia Militar iniciou a busca pelo veículo e realizou a abordagem próximo ao Indaiá. Em busca pessoal, o celular não foi encontrado com os acusados, no entanto, ao ser indagada, a mulher que estava no carro contou aos policiais como ocorreu o roubo e que, quando avistaram a viatura, jogaram o celular subtraído pela janela.

Todos os cinco receberam voz de prisão e foram encaminhados à delegacia de Bertioga. Os três responsáveis pelo roubo e agressão foram reconhecidos pelas três vítimas e, os outros dois que estavam no carro foi reconhecido pelo adolescente que seguiu os ladrões com sua bicicleta.

A voz de prisão foi ratificada na delegacia e os indiciados devem ser submetidos a exames de corpo de delito cautelar no IML e, posteriormente, encaminhados à Cadeia Pública de Guarujá e ao 2º DP de São Vicente, onde permanecerão à disposição da Justiça.


Últimas Notícias