Vendedor de churros sequestrado é encontrado morto em Cubatão | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Foto: Arquivo Pessoal

Vendedor de churros sequestrado é encontrado morto em Cubatão

O rapaz foi encontrado com um tiro no ouvido direito e com as mãos amarradas

10 de outubro de 2018 Última atualização: 12:06
Por Da Redação

O vendedor de churros Ronaldo da Silva Moura, de 27 anos, foi encontrado morto, na terça-feira, 9, após ser sequestrado em Santos, na noite anterior. 

Motoristas acharam o corpo do rapaz, com marca de tiro no ouvido direito e com as mãos amarradas, embaixo de um viaduto na rodovia dos Imigrantes, em Cubatão.

O ambulante trabalhava em um carrinho de churros e pipoca em frente à Santa Casa de Santos.

De acordo com informações, ele foi abordado por um carro preto na rua Júlio de Mesquita, no bairro Vila Mathias, próximo a uma faculdade, enquanto  caminhava em direção a um estacionamento, onde guardava o carrinho.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada após populares terem visto Ronaldo sendo obrigado a entrar no veículo, entretanto, as autoridade não localizaram o carro, nem imagens que pudessem indicar o paradeiro dos suspeitos. 

Com as mãos imobilizadas com um "enforca gato" (abraçadeira de nylon), o corpo foi encontrado, aproximadamente, 17 km de distância de onde ele trabalhava.

Ronaldo não possuía antecedentes criminais e havia se mudado com a família para Santos neste ano. Ainda não há pistas sobre o assassinato e a polícia não descarta nenhum hipótese. 

O caso foi encaminhado para o Setor de Homicídios da Delegacia Antissequestro (Deas) de Santos.

Últimas Notícias