Garota morre afogada na Prainha Branca e irmão desaparece ao tentar resgatá-la | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Garota morre afogada na Prainha Branca e irmão desaparece ao tentar resgatá-la
Foto: Reprodução/Internet

Garota morre afogada na Prainha Branca e irmão desaparece ao tentar resgatá-la

Morador relata em sua página no Facebook, a dramática tentativa de trazer a jovem de volta à vida

22 de abril de 2019 Última atualização: 14:57
Por Da Redação

Uma tragédia em família ocorreu na noite de sexta-feira, 19, na Prainha Branca, em Guarujá, quando uma jovem de 18 anos morreu afogada no mar da Prainha Branca e o irmão, de 23 anos, desapareceu ao tentar resgatá-la. A família, mãe, dois filhos e um vizinho, todos de Itaquera, na Capital, foi passar o dia na praia. 


Participe dos nossos grupos ℹ https://bit.ly/2V5uzJq 🕵♂Informe-se, denuncie!


No boletim de ocorrência, registrado na Delegacia de Bertioga, às 03hs, do dia 20, Djanira Alves de Souza, mãe dos dois jovens, Natália e Wagner Siqueira Souza, informou que a garota já chegou na praia bêbada; que durante o dia consumiu mais bebidas alcoólicas e que se distanciou do grupo, por cerca de duas horas, deixando todos "preocupadíssimos". O irmão foi procurá-la e os dois entraram em discussão, quando a jovem disse que não queria voltar para ficar com a família e entrou no mar. O irmão tentou impedir e a segurou, quando os dois afogaram-se e despareceram no mar.


Segundo moradores, o mar estava com muita correnteza durante todo o feriado de Páscoa. Conforme relataram, por volta das 19 horas, os jovens afogaram-se. Surfistas locais tentaram ajudar no resgate, mas escureceu sem que nenhum dos dois fossem encontrados. Por volta das 22 horas, um casal de campistas encontrou a jovem na areia, ainda com pulsação, próximo da Ilha da Prainha Branca, no trecho conhecido como varadouro. Uma moradora, que não quis se identificar, disse: “O rapaz tropeçou no corpo dela. Ele avisou que havia encontrado; nós acionamos os bombeiro e, até eles chegarem, todos correram para tentar salvá-la”.


Roger Souza, um dos quatro jovens envolvidos na tentativa de socorro à garota, relatou, em sua página no Facebook,  a dramática tentativa de reanimação da jovem: “Natalia Siqueira Souza, 18 anos. Eu nem te conhecia, mas fiz o possível pra salvar sua vida, meu punho ainda dói de tanto fazer massagem cardíaca. Meus primos também não te conheciam, mas fizeram o possível também, todos nós quatro, ali juntos, revezando, exaustos, mas não desistimos de reanimar você. Pessoas pediam pra gente trazer você de volta à vida, pessoas gritavam nos incentivando pra não desistirmos. Uma cena que jamais vou esquecer, estou completamente entristecido com o ocorrido, cenas não saem da minha cabeça. Só peço que Deus conforte os familiares, e guarde você e seu irmão em um bom lugar”.


No boletim de ocorrência, os bombeiros registraram que foram acionados via 193 e durante o deslocamento para o local, foram informados que o corpo já estava sendo resgatado por um barco de um morador, em direção ao píer de Bertioga. 


O corpo do irmão da garota não foi encontrado e o Grupamento de Bombeiros Marítimo informou que que seguirá com as buscas nos próximos dias, com a ajuda de um bote salva-vidas.

30932
Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral