Polícia Civil prende envolvido em furto à banco | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Polícia Civil prende envolvido em furto à banco
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Polícia Civil prende envolvido em furto à banco

Na casa do homem, foram encontrados quase R$ 6 mil em espécies (acondicionados em lacres bancários), além do veículo e ferramentas usadas para arrombar os cofres

20 de setembro de 2019 Última atualização: 15:21
Por Da Redação

Uma equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos prendeu, na manhã de quinta-feira, 19, Gilberto Alves de Souza Junior, de 33 anos, por envolvimento em um furto à uma agência do Banco do Brasil, em Santos. A prisão ocorreu na residência do suspeito, no bairro Quietude, em Praia Grande.

O crime ocorreu no dia 7 de setembro, na unidade da avenida Senador Feijó, na Vila Matias. Os criminosos invadiram o local, arrombaram todos os cofres e furtaram R$ 185 mil. O trabalho de investigação apontou Gilberto como um dos participantes na ação.


Participe dos nossos grupos ℹ http://bit.ly/CNAGORA8 🕵‍♂Informe-se!


Em sua residência, foram encontrados quase R$ 6 mil em espécies (acondicionados em lacres bancários) guardados dentro de um cofre. Além do dinheiro pertencente ao banco, os policiais apreenderam ainda uma caminhonete Triton, utilizada durante a execução do crime, ferramentas usadas para arrombar os cofres (lixadeiras e macaco hidráulico) e grande quantidade de munições calibre .357.

Também foram apreendidos uma motocicleta, um televisor, um purificador de água e um aparelho celular, todos adquiridos com o proveito do crime.

Continuando a vistoria no imóvel, os investigadores encontraram diversas roupas com etiquetas da loja Polo Play, descobrindo-se que tais roupas haviam sido furtadas no dia 22 de julho, conforme boletim de ocorrência registrado no 1º Distrito Policial de Praia Grande.

Na presença de seu advogado, ele confessou a participação no furto à agência bancária e foi  autuado em flagrante por receptação qualificada e posse irregular de munição. As investigações prosseguem para identificar e prender os demais envolvidos. 

Comentários
36177
Últimas Notícias