Festa da Tainha Caiçara, da Prainha Branca, começa no dia 21 | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Tainhas do evento foram pescadas pelos próprios moradores na região | Autor: Enviado via WhatsApp

Festa da Tainha Caiçara, da Prainha Branca, começa no dia 21

Peixes vendidos no evento são pescados pelos próprios moradores e toda a renda será revertida para melhorias no local

10 de julho de 2018 Última atualização: 13:24
Por Mayumi Kitamura

A tradicional Festa da Tainha Caiçara, da Prainha Branca, chega a sua 19ª edição e trará para a região, nos sábados e domingos entre os dias 21 e 29, tainhas pescadas pelos próprios moradores deste recanto de Guarujá. Toda a renda obtida com o evento é destinado à Sociedade Amigos da Prainha Branca, que reverte a verba para melhorias na região. Desta vez, os recursos serão usados para a construção do Centro Comunitário e obras de manutenção na trilha.

Para saborear a tainha, que serve até três pessoas e vem acompanhada por arroz, farofa e vinagrete, são cobrados R$ 85. A expectativa é que cerca de 250 pessoas prestigiem a festa, realizada sempre das 12h às 18 horas, na praça de eventos comunitária, localizada ao lado da Escola Estadual Gaudino Moreira. 

O presidente da Sociedade Amigos, Marcio dos Santos Flávio, comenta que, anteriormente, os peixes vinham de Santos, o que estava tornando o evento inviável, no entanto, há cerca de quatro anos são pescados na região. "Pagávamos muito caro porque nós que custeamos, por isso, acabávamos fazendo a festa para manter a tradição. Nós até conseguimos ajuda de custo, mas a maior parte dos valores são custeados por nós, não tem muito patrocínio".

Em um dos vídeos enviados ao Sistema Costa Norte, via Whatsapp, e que teve cerca de 40 mil visualizações, a moradora da Prainha Branca, Tatiane Lins, registrou o momento em que os peixes chegaram na parte rasa da água e foram pescados por rede, como antigamente. Estes peixes também serão vendidos na festa.

Marcio conta que, com os valores arrecadados pela a entidade, foram possibilitadas, por exemplo, a construção do posto policial, reconstrução da classe da escola estadual, e o posto médico para a Prainha Branca. Para este evento, os convites serão revertidos para a construção do Centro Comunitário e na manutenção da trilha de acesso.

Últimas Notícias