|
| Autor:

Turistas provam e aprovam Festa do Camarão na Moranga

Evento gastronômico promovido pela Colônia de Pescadores Z-23 segue aos os fins de semana, até o dia 9 de setembro

04 de agosto de 2018 Última atualização: 15:07
Por Mayumi Kitamura

A 25º edição da Festa do Camarão na Moranga de Bertioga começou nesta sexta-feira, 3, e conta com grande expectativa de público na tenda de eventos, ao lado do Forte São João. O evento, um dos festivais gastronômicos mais aguardados do calendário da cidade, segue durante todos os fins de semana, até o dia 9 de setembro.

Os interessados contam com dois tipos de convites: aos sábados e domingos, o convite especial, que custa R$ 159, traz uma moranga especial, que acompanha 8 camarões rosa fritos no alho e azeite; e o convite simples, que custa R$ 120, dá direito a uma moranga recheada, sem os camarões rosa. Às sextas, ambos convites têm preço promocional, sendo R$130 e R$ 100, respectivamente. Ambas as morangas servem bem até quatro pessoas e são acompanhadas de farofa com semente da moranga e arroz à vontade. Às sextas-feiras, a festa acontece a partir das 19 horas; aos sábados, das 12 às 23 horas; e aos domingos, a partir das 12 horas.

Quem aproveitou a festa neste sábado, 4, saiu maravilhado com o atendimento e o sabor do prato, como a família de Esmeraldina da Gama Bonfim Kubatamaia, de Manaus. Ela veio com os familiares aproveitar o dia e conheceu o evento. Ela comentou: "Eu estou achando uma delícia essa moranga, o acolhimento da cidade, o clima, está tudo muito bom. Aprovado".

Outra família que também não conhecia o festival veio de Praia Grande. Kelly Cristina de Souza conta que retornaria esse ano para comer tainha, mas ao procurar informações, descobriu que o evento já havia encerrado. Quando descobriu a Festa do Camarão na Moranga, ela decidiu vir passar o dia para conhecer - e não se arrependeu. Disse ela: "Está uma delícia, muito bom. A tainha eu já conhecia, é muito gostosa. A moranga é a primeira vez, mas é muito boa mesmo. Nos surpreendeu. Se pretendemos voltar? Vamos sim, já estamos marcando o pessoal no grupo e, já que vai até setembro, vamos combinar de vir todo mundo novamente". 

Promovido pela Colônia de Pescadores Z-23, o evento arrecada recursos para benefícios de pescadores e subsistência da entidade, presidida por João do Espírito Santo. Ele comemorou o movimento já do primeiro dia da Festa do Camarão na Moranga. 'Ficamos bem animados porque estava chovendo, mas as pessoas compareceram mesmo assim para abrilhantar a festa. Nos surpreendeu o movimento no primeiro dia. Esperamos que este ano seja melhor do que o ano passado, temos a expectativa de atrair de 10 a 15 mil pessoas".

Recursos

O presidente da entidade explica que os recursos são revertidos em benefícios para os pescadores do município, além de estruturas que melhorem o trabalho e a manutenção da sede da colônia. Ele citou que, apesar dos esforços, ainda não há um estaleiro em Bertioga, por isso, uma das expectativas é, com os recursos obtidos com o evento, concluir as obras de um atracadouro para dar suporte aos pescadores na reforma dos barcos. "Com os valores obtidos com a festa, quero ver se consigo terminar lá esse ano. Comecei, não tive verba para terminar, mas espero que esse ano eu consiga", comentou João do Espírito Santo.

Além disso, o último fim de semana da festa terá recursos para outra entidade de Bertioga, a Apae. O presidente da Colônia de Pescadores conta que a Festa do Camarão na Moranga encerraria no dia 2 de setembro, no entanto, foi decidido em reunião que seria prorrogado por mais um fim de semana, o do feriado de 7 de setembro, para destinar uma parte dos valores arrecadados para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais.

A Festa do Camarão na Moranga conta com o apoio da prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura. 

Foto: Mayumi Kitamura

Últimas Notícias