Coletivo Manacá convida para roda de conversa sobre parto e maternidade | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Coletivo feminista existente há dois anos traz conversa aberta à mulheres interessadas no tema
Coletivo feminista existente há dois anos traz conversa aberta à mulheres interessadas no tema Foto: Divulgação

Coletivo Manacá convida para roda de conversa sobre parto e maternidade

Dúvidas, dicas e até imposições da sociedade serão discutidas neste sábado, 11, no Viveiro de Mudas, às 14 horas

10 de agosto de 2018 Última atualização: 15:01
Por Marina Aguiar

Uma roda de conversa sobre parto e maternidade será realizada no sábado, 11, às 14 horas, pelo coletivo feminista Manacá. O encontro acontecerá no Viveiro de Plantas 'Seo Leo' (rua Manoel Gajo, 1.080, Centro), em Bertioga, e pretende reunir mulheres para uma conversa aberta sobre parto humanizado, as dúvidas da gravidez e da maternidade e, também, sobre anticoncepcionais. Uma das organizadoras, a psicóloga Beatriz Garcia Stricagnoli, explica que a imposição dos anticoncepcionais na vida da mulher surgiu em uma das conversas do grupo. "No último encontro, trouxemos o questionamento do quanto a pílula é uma escolha nossa ou uma imposição. Nós vamos ao ginecologista na adolescência e ele prescreve a pílula. A gente nasce mulher e entende que vai ser mãe, é algo a se pensar", explicou.

O coletivo Manacá foi fundado em 2016, em Bertioga, com cinco mulheres recém-chegadas à cidade. A bióloga Deborah Gallego Gallo é uma das fundadoras do grupo iniciado como uma reunião de amigas. "Estávamos meio que sozinhas, sem família. Começamos a nos reunir para falar de coisas femininas, às vezes problemas, às vezes não, fazíamos intervenções e dinâmicas. Começamos a ver possibilidade de ter mais atuação, fora do nosso grupo, e decidimos que poderia ser um coletivo feminista". 

O manacá

No início, todas as integrantes eram biólogas e escolheram o nome Manacá em homenagem ao manacá-da-serra (Tibouchina mutabilis), uma árvore da família Melastomataceae. "Moramos no meio da Mata Atlântica e o manacá é ocorrente nas florestas daqui", informou Deborah. O manacá produz flores de cores brancas e roxas, eventualmente, com tons intermediários, que variam com a idade da flor. Esta é uma característica peculiar da espécie que simboliza a diversidade. Quando floresce, o manacá destaca-se, de longe, entre todas as outras árvores nas formações de Mata Atlântica, principalmente, nos paredões da Serra do Mar. 

20579
Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral