Gremar resgata 14 pinguins em Bertioga, Guarujá e Santos | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Gremar resgata 14 pinguins em Bertioga, Guarujá e Santos
Foto: Divulgação/Gremar

Gremar resgata 14 pinguins em Bertioga, Guarujá e Santos

Animais encalharam no domingo, 21, foram resgatados e estão em reabilitação no instituto, em Guarujá

22 de junho de 2020 Última atualização: 15:08
Por Da Redação

Autor: Divulgação/Gremar
 


Em ações pelo Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) neste domingo, 21, o Instituto Gremar resgatou 14 pinguins-de-magalhães (Spheniscus magellanicus) juvenis nas praias de Guarujá, Santos e Bertioga.


Participe dos nossos grupos ℹ bit.ly/GRUPOCNGUARUJA 🕵‍♂Informe-se, denuncie!


A chegada do inverno no Hemisfério Sul representa o início do período migratório da espécie. Os animais partem das colônias que habitam na Argentina, Chile e Ilhas Malvinas rumo à costa brasileira, em busca de alimento. 


O longo trajeto, a influência das correntes marinhas e o eventual impacto de ações antrópicas costumam causar este tipo de encalhe.


Foi o que ocorreu neste fim de semana: do total, nove deles foram resgatados no Guarujá (sete na Praia da Enseada, um na Praia do Guaiúba e um na Praia de Santa Cruz); quatro em Bertioga (dois na Riviera de São Lourenço, dois na Praia de Boracéia); e um em Santos (Praia da Aparecida).


Todos encontram-se neste momento recebendo os cuidados iniciais no Centro de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos, em Guarujá. A maioria está abaixo do peso e em estado de exaustão, alguns apresentam ferimentos leves.


Foto: Divulgação/Gremar
 


Eles serão mantidos em sala de estabilização, com controle de temperatura e receberão o manejo veterinário e nutricional necessário até que readquiram suas melhores condições e se mostrem aptos a retomar sua migração.


O Instituto Gremar recomenda aos munícipes que, caso avistem pinguins encalhados na praia, os animais não sejam tocados, nem devolvidos ao mar. Deve-se evitar aglomerações e entrar em contato com a instituição ambiental mais próxima. O Instituto Gremar pode ser acionado para resgates de animais marinhos, vivos, debilitados ou mortos pelos telefones 0800 642 3341 e (13) 99711 4120.


Covid-19

Atenta às recomendações das autoridades de saúde devido à pandemia do Covid-19, a equipe do Instituto Gremar em conjunto com a coordenação do PMP-BS área SP e a Petrobras, tem adotado medidas rígidas para prevenir o contágio e dar continuidade ao trabalho de resgate e reabilitação de animais marinhos da melhor forma possível. 


O uso de equipamentos e insumos adequados, o trabalho em home office do setor administrativo e a restrição do número de colaboradores nos recintos dos animais, salas de cirurgia e manejo, além do monitoramento, estão entre eles. 



PMP-BS

O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.


Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. 


O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. O Gremar monitora o trecho 9, compreendido entre São Vicente e Bertioga.


Para acionar o serviço de resgate de mamíferos, tartarugas e aves marinhas, vivos debilitados ou mortos, entre em contato pelos telefones 0800 642 3341 ou (13) 99711 4120.


Para mais informações, acesse www.comunicabaciadesantos.com.br.

Comentários
72045
Últimas Notícias